H1N1 – Gripe A – Gripe Suína

 Influenza H1N1

A muito pouco tempo fomos aterrorizados por um bichinho terrível que conseguiu vencer a barreira humana e causou muitas mortes por todo o mundo. De quem estou falando? Pois é H1N1!

Nosso verão está indo embora com as águas de março, mas com elas também estão chegando o outono e inverno. Época em que ficamos mais suscetíveis a germes oportunistas e não poderia ser diferente com o H1N1.

Muitas pessoas acreditam que o vírus foi dizimado, ledo engano!!!!!!!!!!!!

E por isso o mundo todo está entrando em alerta e precisamos tomar as devidas providencias para evitar o estrago do ano passado.

Este ano temos armas valiosissimas contra o vírus:

1) Informação: Já conhecemos as formas de contagio, sintomas, grupos de maior risco,etc.

(2009).

2) Já foi desenvolvida vacina e entraremos numa longa campanha de vacinação agora em março, o PNI ( Programa Nacional de Imunização).

3) Medicação: espero que este ano nossos estoques de Tamiflu e afins estejam mais acessíveis a toda a população.

4) Higienização das mãos:

Mas enquanto isso vamos fazer a nossa parte e esperar que as autoridades façam as delas.

Revisão:

O VÍRUS INFLUENZA A (H1 N1):

É o vírus da gripe, que tem vários subtipos e hospedeiros (aves, suínos, eqüinos, focas e o homem) com grande potencial de propagação.

Hospedeiros: Homens e suínos.

Formas de contágio: O vírus é encontrado nas secreções do trato respiratório de pessoas infectadas, podendo ser transmitido das seguintes formas: 

1) Transmissão direta: por aspiração de gotículas, através da fala, tosse ou espirros;

2) Transmissão indireta: pelo contato das mãos com superfícies contaminadas (como mãos, portas, mesas, etc.) e em seguida com os olhos, boca e nariz.

Período de Incubação: varia de 1 a 7 dias.

Sintomas:

  • Febre alta (acima de 37,5 0C), dor de cabeça, tosse, dor de garganta, dores musculares, e em alguns casos vômito e diarréia.

População de Maior Risco:

  • Crianças, idosos, grávidas, pacientes com doenças pulmonares prévias (bronquite, enfisema, asma, bronquiectasia, pneumonia, etc), imunodeprimidos (transplantados, câncer, HIV, etc), obesidade mórbida.

Prevenção: cobrir boca e nariz ao espirrar preferencialmente com lenço descartável, lavar bem as mãos, evitar aglomerações e locais fechados,

CUIDADOS: se estiver gripado faça repouso em casa se possível e faça boa ingestão de líquidos e alimentação.

Procurar o Médico principalmente quando apresentar: Piora súbita do quadro,febre alta por mais de dois ou três dias, falta de ar ou sinais de (como batimento de asa de nariz, esforço e ruídos ao respirar, lábios e dedos azulados, principalmente em crianças que não conseguem se expressar com clareza), vômito de diarréia persistente, ou pacientes de maior risco com sintomas.

FONTES:

1) Portal da Saúde: http://www.vacinacaoinfluenza.com.br/site/conteudo/index.asp

 2) MD Saúde: http://www.mdsaude.com/2009/05/gripe-suina.html

3) Portal da Saúde: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/area.cfm?id_area=1534

Conversem com seu médico para maiores informações.

Carpe Diem!

IP.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s